Campeonato Brasileiro de Turismo: Gabriel Casagrande vence pela primeira vez

Após terminar quatro corridas na segunda posição, em seis etapas disputadas, Gabriel Casagrande enfim venceu pela primeira vez no Campeonato Brasileiro de Turismo. Na manhã deste domingo (10/11), o paranaense contou com uma boa largada e superou Fábio Carreira – que havia herdado a pole position após uma punição a seu companheiro de equipe Felipe Fraga, que largou em último – ainda na primeira volta. Perfeito nas duas relargadas, Casagrande manteve a ponta e venceu a sétima etapa do ano, no Autódromo Nelson Piquet, em Brasília.

Com uma excelente recuperação, Felipe Fraga terminou em segundo e manteve a liderança do campeonato. Carreira completou o pódio.

A primeira entrada do safety car aconteceu na volta nove, após Rodrigo Souza escapar na curva zero e parar na brita. Fraga já era o sétimo e na relargada ultrapassou dois concorrentes de uma vez para assumir a quinta posição. Duas voltas depois já era o quarto, ao ultrapassar Raphael Abbate. No giro seguinte foi a vez de Marco Cozzi ser superado por Fraga.

Restando dois minutos para o final da prova, Carlos SG escapou no mesmo trecho, foi para a brita e provocou mais uma entrada do safety car. Na relargada Fraga atacou seu companheiro de equipe, assumiu a segunda posição e a manteve na última volta.

Após disputar três corridas na Stock Car, Casagrande acredita que a experiência contribuiu para sua vitória em Brasília. “A experiência na Stock Car me ajudou desde a primeira corrida que fiz, em Cascavel. Desde que sentei num Stock Car me senti muito mais confortável no Brasileiro de Turismo. Por ser um carro mais forte, conseguimos ter um acerto melhor e passei a identificar melhor o meu carro. Por ter corrido essas três provas na Stock tudo vem crescendo. Agora estou com a cabeça bem mais desenvolvida do que no início do ano. Acho que essa participação na Stock me ajudou para isso. Foi por esse motivo que fui correr lá, para ganhar experiência, tentar o título no Brasileiro de Turismo e no ano que vem estar lá, fazendo bonito”, comentou Gabriel.

O resultado recoloca Gabriel Casagrande na vice liderança da competição. Fraga mantém a liderança e agora precisará de um segundo lugar em Interlagos, palco da última etapa, para se sagrar campeão.“Está tudo aberto. Lá vai ser uma final emocionante para todo mundo que for assistir”, finalizou Casagrande.

Veja como terminou a prova:
1. Gabriel Casagrande – 32 voltas em 36min15s093
2. Felipe Fraga – 0.916
3. Fabio Carreira – 1.789
4. Marco Cozzi – 2.371
5. Raphael Abbate – 2.787
6. Pedro Boesel – 3.211
7. João Pretto – 4.443
8. Mauri Zacarelli – 5.754
9. Felipe Neira – 5.808
10. Wagner Ebrahim – 5.983
11. Tito Morestoni – 6.064
12. Fernando Fortes – 6.318
13. Luiz Ribeiro – 8.016
14. Luiz Sena Jr – 8.892
15. Carlos SG Souza – 5 Lp.
16. Betinho Gresse – 18 Lp.
17. Luiz Rodrigo Souza – 25 Lp.
*Resultado extra oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *