F1: Kobayashi diz que carro da GP2 é melhor do que a Caterham

O japonês Kamui Kobayashi acertou seu retorno à Fórmula 1 em 2014 para correr pela Caterham, mas não está muito feliz com suas condições de trabalho. O piloto asiático reclamou do desempenho do carro oferecido pela equipe e lembrou que até monopostos da GP2, categoria inferior, são mais rápidos.

Kobayashi encerrou o primeiro teste no Bahrein, na última semana, com 1min39s855 como melhor volta. A marca é 0s4 mais lenta do que o tempo com que Fabio Leimer marcou a pole position da prova da GP2 da temporada passada no mesmo circuito.

“Ainda não estamos em condições de corrida, mas se estivéssemos acho que eu deveria trazer um carro da GP2. Precisamos trabalhar, mas se fossemos correr agora, acho que não é Fórmula 1. Quando você olha o tempo de volta, preciso ficar preocupado. Não dá para estar feliz, mas preciso ver o que podemos fazer”, disse Kobayashi.

Em 2014, os carros da Caterham utilizarão motores da Renault, montadora que ainda não conseguiu fazer com que seu equipamento tenha bom desempenho. Equipes como a Red Bull estão trabalhando para não enfrentar problemas de confiabilidade com os propulsores.

“Não estou buscando isso. Não quero só acabar a corrida, claro que preciso de mais desempenho. Esse ano é a maior chance deste time, há muita possibilidades, mas no momento estamos fora do ritmo comparado com os outros times em relação ao desenvolvimento”.

Fone: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *