F1: Kubica espera que “sacrifício” de 2008 seja compensado

Claramente insatisfeito com a opção da BMW Sauber em “sacrificar” o desenvolvimento do carro do ano passado na segunda metade da última temporada em prol do F1.09, novo modelo que foi apresentado nesta terça-feira, Robert Kubica espera que todo esforço seja compensado a partir de 29 de março, com a abertura da temporada na Austrália.

“Às vezes, é difícil entender algumas situações e todos possuem diferentes visões. Então, tenho que aceitar”, comentou o polonês, que chegou a liderar o Mundial de Pilotos no ano passado, mas terminou o ano na quarta posição da tabela.

A frustração de Robert pode ser comprovada pelos números: até o GP da Inglaterra, que marcou a metade do último campeonato, a BMW Sauber somou 82 pontos, contra apenas 53 nas nove corridas finais do Mundial. Se tivesse mantido os números do começo do ano, a escuderia alemã teria terminado a disputa de Construtores à frente da McLaren e, consequentemente, proporcionaria maiores chances de Kubica lutar pelo título entre os pilotos.

“Muitos esforços e recursos da segunda metade do último ano foram consumidos no carro de 2009, então espero que isso seja “pago” com este carro, o F1.09”, destacou o piloto, que avaliou suas chances. “No ano passado, poderíamos ter terminado um pouco melhor, talvez mesmo sem lutar pelo campeonato. Agora, é completamente diferente. Vamos nos concentrar em extrair o máximo deste carro”, afirmou.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *