F1: Kubica lamenta erros e perda do 3º lugar no Mundial

Décimo-primeiro colocado no GP do Brasil de Fórmula 1, o polonês Robert Kubica acabou cedendo a terceira colocação no Mundial de Pilotos para o finlandês Kimi Raikkonen na última etapa. Inconformado com o rendimento na prova decisiva da competição, Kubica lamentou o desempenho irregular nos três dias da disputa.

“Perder a terceira colocação no Mundial de Pilotos na última corrida decididamente não é a melhor situação. Cometemos muitos erros durante o final de semana e este foi o resultado”, diz.


Os contratempos da BMW começaram já na classificação quando o carro do polonês não conseguiu render o esperado. O piloto que chegou a São Paulo com seis pontos de vantagem sobre o ferrarista Raikkonen não conseguiu progredir na prova e ficou fora da zona de pontuação. Enquanto isso, seu adversário garantiu a terceira colocação e acabou superando-o na classificação.


Além da situação ruim no grid, Kubica também acha que a equipe fez uma escolha ruim para o começo da corrida, andando com pneus para pista seca, apesar da chuva que caiu na pista momentos antes da largada. “Infelizmente, eu larguei com pneus secos porque tínhamos uma informação errada da situação da pista. Durante a corrida, fiquei preso atrás de Adrian Sutil por muito tempo”, completou.


Já seu companheiro de equipe, Nick Heidfeld, acredita que falhou na hora da largada, caindo de quinto para sexto colocado. “Fiz algumas boas manobras de ultrapassagem e ganhei posições. Mas no final, o balanço do meu carro ficou muito difícil e, especialmente, quando estava atrás de Jarno Trulli, perdi aderência”.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *