F1: Barrichello culpa carro ‘porcaria’ por 15º lugar

Em sua última corrida no ano, que também pode ter sido a derradeira em sua carreira na Fórmula 1, Rubens Barrichello passou despercebido e terminou na 15ª colocação, mesmo lugar do qual largou. E, mais uma vez, o veterano disparou críticas ao carro da Honda, que, segundo ele mesmo, não o deixou acompanhar a decisão do título.

“Não sabia como estava a disputa do campeonato porque eu estava brigando com o carro, aquela porcaria”, disparou o brasileiro. “Foi uma corrida maluca com o tempo influenciando no resultado final”, emendou.


Barrichello comentou que seu carro até que não começou tão mal, mas um erro de estratégia no final prejudicou qualquer pretensão. “Estava até sonhando com o top 10 antes do último pit stop”, disse.


“Quando a chuva veio, apostamos em pneus para chuva intensa, pois valeria a pena se apertasse. Mas não funcionou e perdi posições porque fui forçado a parar novamente, já que os compostos estavam superaquecidos. Fiz tudo o que pode, mas estava muito difícil controlar o carro”, descreveu.


Sobre seu futuro, Rubinho voltou a dizer que está muito motivado para fazer sua 17ª temporada na Fórmula 1, apesar de ainda não ter contrato garantido para 2009 – atualmente, ele negocia com a própria Honda e com a Toro Rosso. “Estou de cabeça erguida pelo trabalho que fiz e decido meu futuro em dezembro”, comentou.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *