F1: Kubica lamenta má sorte em Melbourne

O polonês Robert Kubica não esconde sua frustração com a má sorte que tem na Fórmula 1 após ver mais uma vez um bom resultado lhe escapar pelo vão dos dedos no GP da Austrália. O piloto havia conquistado o segundo lugar no grid de largada, mas uma mudança de estratégia causada pela entrada do safety car, seguido de um problema mecânico e uma colisão com o japonês Kazuki Nakajima arruinaram seu fim de semana.

“O fim de semana parecia bom, mas teria sido mais feliz se pudesse ter extraído muito mais dele”, disse o polonês. “Parece que sempre que posso conquistar um bom resultado, algo dá errado e aqui as coisas foram assim”, lamentou.


Kubica, contudo, descartou a especulação de que a mudança de sua estratégia tenha influenciado de alguma forma sua má sorte. Para ele, o maior problema foi mesmo a perda de potência do carro.


“Espero que isto (a estratégia) tenha sido correta. Contudo, isto não foi o maior problema, mas sim a perda de potência do carro. O ritmo era muito lento em acelerações pesadas e estava perdendo muito tempo”, explicou.


Apesar dos problemas, restou a Kubica o consolo de ver a BMW Sauber chegar ao pódio através de seu companheiro Nick Heidfeld. Mas ainda com este bom resultado, o piloto prefere esperar mais algumas corridas para pode comemorar a evolução de sua equipe. “Acho que estamos próximos deles, mas esperarei mais alguns GPs para ter uma melhor visão”, ponderou o polonês.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *