F1: Kvyat diz que ainda não está 100% confiante na Fórmula 1

Mesmo defendendo uma das menores equipes do grid da Fórmula 1, Daniil Kvyat tem conseguido se destacar, como em março deste ano, quando se tornou o piloto mais jovem da história da categoria a pontuar após ter terminado na nona colocação em Melbourne. A campanha, no entanto, ainda não convence completamente o próprio piloto, que garantiu a falta de confiança na F-1.

“Eu não tenho 100% de confiança ainda, mas espero que algumas coisas venham mais tarde, talvez no segundo semestre deste ano. Eu ainda sinto que meu momento não chegou no carro. Eu costumava ter uma sensação melhor dentro do carro nas etapas anterior da minha carreira”, afirmou Kvyat em entrevista ao Autosport, fazendo comparações com sua participação em outras categorias.

“Eu posso conduzir perto do limite, mas, ao contrário da GP3 no ano passado, ainda falta algo no carro para se ajustar ao meu estilo de pilotar, e ainda falta algo da minha parte”, completou.

Kvyat se tornou o mais jovem piloto a pontuar ao ficar em nono na Austrália, quando tinha 19 anos e 295 dias. A marca superou por 27 dias o registro de Sebastian Vettel, que detinha o recorde com 19 anos e 322 dias.

Novato na F-1, o russo conseguiu repetir a nona colocação na Inglaterra e ainda terminou outras duas provas em décimo lugar, desempenho que o garante na 15ª posição do Mundial de Pilotos, à frente de Jules Bianchi, com dois pontos, e Adrian Sutil, Marcus Ericsson, Pastor Maldonado, Esteban Gutierrez, Max Chilton e Kamui Kobayashi, que ainda não pontuaram.

Embora Kvyat não esteja satisfeito, o desempenho do novato chamou a atenção de alguns dirigentes, que elogiaram o piloto. Para os torcedores, a expectativa é de resultados melhores, já que o jovem espera melhorar após a pausa na F-1.

“Após as férias, espero que as coisas comecem ir um pouco mais do meu jeito. O ‘clique’ ainda não chegou. O carro me deixa fazer um bom trabalho em um determinado nível, mas ainda não no máximo. Eu acho que estamos chegando perto de alcançar algo que eu realmente gosto”, concluiu.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *