F1: Leclerc acreditava que não completaria GP do Bahrain

A primeira vitória da Fórmula 1 estava próxima. Porém, após falha no carro do Ferrari, o jovem Charles Leclerc não venceu e admitiu que já pensava em não finalizar a prova do Bahrain, realizada no último domingo. O piloto, que ainda conseguiu receber a bandeirada final, chegando em terceiro lugar, já estava preparado para ver sua unidade de potência parar de funcionar definitivamente.

“Para ser honesto, pensei que tudo iria explodir algumas voltas mais tarde. Foi apenas uma perda de potência completa e repentina. Ele ficou um pouquinho melhor, mas o problema permaneceu. Não havia sinais antes que algo estivesse errado”, afirmou.

Mesmo assim, o prejuízo acabou não sendo tão gigantesco. Apesar de liderar a maior parte da corrida, Leclerc somou 15 pontos e se tornou o primeiro piloto de Mônaco a subir no pódio numa corrida da Fórmula 1 desde Louis Chiron, em 1950.

A Ferrari decepcionou na corrida da Austrália, mas o jovem elogiou o carro. Por fim, revelou que, depois do susto pela perda da potência do carro, se acalmou para completar a corrida entre os primeiros.

“De todo o fim de semana, há muita coisa positiva a se tirar. Depois da Austrália, estávamos muito distantes. Acho que encontramos algum ritmo. Chegamos aqui com um bom carro, o que é muito positivo para o time e mostra que eles fizeram um trabalho incrível. Perder a liderança foi muito desapontador, mas ainda havia alguns pontos para ganhar, então rapidamente voltei a me concentrar na corrida”, finalizou Leclerc.

Com 26 pontos ganhos, o piloto está em quarto lugar no Mundial de Fórmula 1. A próxima prova está marcada para o dia 14 de abril, às 3h10 (horário de Brasília), no Grande Prêmio de Xangai, na China.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *