F1: Ricciardo fala em paciência para se encontrar na Renault

De casa nova, Daniel Ricciardo não teve vida fácil nesse começo de temporada da Fórmula 1. O piloto da Renault ainda não conseguiu concluir terminar nenhuma das duas corridas, abandonando ambas as provas. A diferença da equipe francesa para sua antiga construtora, a Red Bull, não era uma novidade para o australiano, mas ele se revelou um pouco surpreso, já que esperava que tivesse um começo melhor.

“Eu sabia que levaria tempo, mas no meu coração, eu esperava apenas pular no carro e a primeira volta ser tão tranquila, que seríamos bons. Voltando um passo atrás em termos de aderência e dirigibilidade, não é segredo que não estamos no ritmo do carro que tive no ano passado. Então, isso é algo que preciso descobrir novamente”, disse o australiano.

Ricciardo ainda lembrou de quando ele chegou na Red Bull, em 2014, saindo da Toro Rosso, indo pra um carro melhor do que competia. Agora, o desafio é se adaptar a um carro inferior ao que estava na temporada passada.

“Tudo se torna mais fácil, você tem mais aderência, e é como, oh, uau, o carro pode fazer isso? Então, o momento é de dar um passo atrás para descobrir qual a melhor maneira. Para ontem com certeza e em Melbourne, eu estava exagerando na pilotagem. Preciso de um pouco de paciência e disciplina, mas isso é legal. É um desafio em si aprender e descobrir isso. De uma forma que é empolgante, então isso é legal”, completou.

Na estreia da temporada, em casa, Ricciardo comprometeu o carro ao passar por uma valeta, já no Bahrain o problema foi elétrico e também o obrigou a abandonar a corrida.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *