F1: Lewis Hamilton vence GP da China

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo (12/04), o GP da China, em Xangai, terceira etapa da temporada. Foi a sua segunda vitória no ano. O alemão Nico Rosberg completou a dobradinha da Mercedes. O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) fechou o pódio.

Pole-position, Hamilton não foi ameaçado em nenhum momento da prova. Apenas na segunda parada para a troca de pneus, o atual campeão perdeu provisoriamente a liderança para o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari).

Assim que Raikkonen, que adiou a sua segunda parada, foi para os boxes, Hamilton reassumiu com tranquilidade a ponta. Rosberg alinhou e terminou em segundo. Vettel, após a vitória na Malásia, não teve como desafiar as Mercedes, e terminou em terceiro.

Raikkonen foi o quarto. O brasileiro Felipe Massa (Williams) chegou em quinto, seguido pelo parceiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas.

O francês Romain Grosjean (Lotus), o brasileiro Felipe Nasr (Sauber), o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) e o sueco Marcus Ericsson (Sauber) fecharam os dez primeiros.

A prova terminou com o Safety-Car a frente dos carros. Faltando três voltas para o final, o carro do holandês Max Verstappen (Toro Rosso), que ocupava a oitava posição, parou na reta dos pits. Os comissários não conseguiam retirar o carro, que travou. Apenas com a chegada de mecânicos da equipe, o problema foi resolvido, mas sem tempo da prova ser reiniciada.

Sem muitas disputas nas primeiras posições, um dos destaques da prova foi a disputa entre o venezuelano Pastor Maldonado (Lotus) e o britânico Jenson Button (McLaren), pela 13ª posição.

Maldonado começou bem a prova, mantendo a sétima posição até a sua segunda parada nos boxes. O venezuelano rodou na entrada dos pits, e perdeu muitas posições. Pouco depois rodou na pista, e foi parar atrás de Button.

Os dois então começaram uma intensa disputa pela posição, o que permitiu a aproximação do espanhol Fernando Alonso (McLaren). Button acabou tocando na traseira de Maldonado, que rodou e foi para os boxes. Maldonado voltou à prova, mas retornou para os boxes, e abandonou. Button foi punido com cinco segundos no tempo final.

Hamilton lidera o campeonato com 68 pontos, seguido por Vettel com 55 e Rosberg com 51.

A próxima etapa, o GP do Bahrain, acontece no dia 19 de abril.

Final:

1. Lewis Hamilton GBR Mercedes-Mercedes    56 voltas em 1h39m42s008
2. Nico Rosberg  GER Mercedes-Mercedes +0.7s
3. Sebastian Vettel GER Ferrari-Ferrari    +2.9s
4. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari +3.8s
5. Felipe Massa  BRZ Williams-Mercedes +8.5s
6. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes +9.8s
7. Romain Grosjean FRA Lotus-Mercedes +19.0s
8. Felipe Nasr  BRZ Sauber-Ferrari +22.6s
9. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-Renault +32.1s
10. Marcus Ericsson SWE Sauber-Ferrari +1 volta
11. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes +1 volta
12. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda +1
13. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Renault +1
14. Jenson Button GBR McLaren-Honda +1
15. Will Stevens GBR Manor-Ferrari +2
16. Roberto Merhi ESP Manor-Ferrari +2

Abandonos:
Max Verstappen NED Toro Rosso-Renault 53 voltas
Pastor Maldonado VEN Lotus-Mercedes 50
Daniil Kvyat RUS Red Bull-Renault 16
Nico Hulkenberg GER Force India-Mercedes 9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *