F1: Lewis Hamilton vence GP da Itália

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo (07/09), o GP da Itália, 13ª etapa da temporada. Foi a sexta vitória de Hamilton no ano, e 28ª na categoria. O alemão Nico Rosberg (Mercedes) completou a dobradinha da Mercedes. O brasileiro Felipe Massa (Williams) fechou o pódio.

Saindo na pole-position, Hamilton não fez uma boa largada, e caiu para quarto, atrás de Rosberg, o dinamarquês Jan Magnussen (McLaren) e Massa. Terceiro no grid, o finlandês Valtteri Bottas (Williams) fez uma péssima largada e caiu para décimo.

Na quinta volta, Massa superou Magnussen, que na sequencia também foi ultrapassado por Hamilton. Cinco voltas depois, Hamilton passou Massa.

Rosberg manteve a ponta ate a parada nos pits, deixando Hamilton na liderança provisória. Com a parada de Hamilton, na 26 volta, Rosberg retomou a ponta.

Contudo três voltas depois, Rosberg errou e passou reto pela chicane (já havia errado no mesmo ponto na 9 volta).

Enquanto isso, para decepção da torcida italiana, o espanhol Fernando Alonso abandonava, com problemas no carro.

Hamilton assumiu a liderança e rapidamente abriu vantagem. Massa vinha em terceiro, distante dos lideres, e também ser ter a terceira posição ameaçada.

Com isso a disputa pela quarta posição movimentou a prova, com intensos duelos, e trocas de posição. Magnussen deu um chega-pra-lá em Bottas e foi punido com uma parada de cinco segundos nos boxes.

O britânico Jenson Button (McLaren) e o mexicano Sergio Pérez (Force India), desafetos desde que foram parceiros na McLaren em 2013, fizeram um lindo duelo, com direito a troco de Perez, após uma ultrapassagem.

O alemão Sebastian Vettel mais uma vez sofreu com seu parceiro na Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo. Nas voltas finais, o tetracampeão não teve como segurar o australiano, e foi superado.

Hamilton venceu com 3s1 de vantagem sobre Rosberg. Massa conquistou o seu primeiro pódio, desde o GP da Espanha do ano passado.

Bottas terminou em quarto, seguido por Ricciardo e Vettel. Pérez, Button, o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari) e Magnussen, completaram os dez primeiros.

Rosberg lidera o campeonato com 238 pontos, seguido por Hamilton com 216 e Ricciardo com 166. Massa, com 55 pontos, ocupa a nona posição.

A próxima etapa, o GP de Cingapura, acontece no dia 21 de setembro.

Final:

1. Lewis Hamilton Mercedes-Mercedes 53 voltas em 1hr19m10s236
2. Nico Rosberg Mercedes-Mercedes +00m03s1
3. Felipe Massa Williams-Mercedes +00m25s0
4. Valtteri Bottas Williams-Mercedes +00m40s7
5. Daniel Ricciardo Red Bull-Renault +00m50s3
6. Sebastian Vettel Red Bull-Renault +00m59s9
7. Sergio Perez Force India-Mercedes +01m02s5
8. Jenson Button McLaren-Mercedes +01m03s0
9. Kimi Raikkonen Ferrari-Ferrari +01m03s5
10. Kevin Magnussen McLaren-Mercedes +01m06s1*
11. Daniil Kvyat Toro Rosso-Renault +01m11s1
12. Nico Hulkenberg Force India-Mercedes +01m12s6
13. Jean-Eric Vergne Toro Rosso-Renault +01m13s0
14. Pastor Maldonado Lotus-Renault +1 volta
15. Adrian Sutil Sauber-Ferrari    +1 volta
16. Romain Grosjean Lotus-Renault +1 volta
17. Kamui Kobayashi Caterham-Renault +1 volta
18. Jules Bianchi Marussia-Ferrari +1 volta
19. Marcus Ericsson Caterham-Renault +2 volta
20. Esteban Gutierrez Sauber-Ferrari +2 volta**

Abandonos:

Fernando Alonso Ferrari-Ferrari 28 volas
Max Chilton Marussia-Ferrari 5 voltas

Volta mais rápida:

Lewis Hamilton Mercedes-Mercedes 1m28s004 na volta 29

*Cinco segundos de acréscimo
** 20 segundos de acréscimo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *