F1: Líder isolado, Massa não se empolga e prega trabalho

Massa sabe que o duelo com Alonso está só começando.

Depois de levar a melhor sobre seu companheiro Fernando Alonso em duas das três corridas realizadas na temporada, o brasileiro Felipe Massa mostrou tranquilidade. O piloto da Ferrari fez ótima prova de recuperação no GP da Malásia, largou em 21º, chegou em 7º e assumiu a ponta da classificação do Mundial de Fórmula 1.

Apesar de ter mostrado força na disputa com pilotos que já detém títulos mundiais, Massa preferiu manter a calma e ainda lamentou não ter conseguido melhor colocação final devido aos problemas enfrentados na tomada de tempo nos treinos classificatórios de sábado. “A sensação (de ser líder) é boa. Porém, não chegar no pódio com um carro competitivo é ruim. Dentro das circunstâncias, ser líder é interessante. Mas temos muito trabalho pela frente”, declarou.

Após a prova, Massa fez uma rápida confraternização com os outros três brasileiros que disputam o campeonato. Di Grassi (Virgin) e Bruno Senna (Hispania) conseguiram cruzar a linha de chegada pela primeira vez na categoria mais importante do automobilismo mundial, após terem abandonado nas duas primeiras etapas. “Foi uma ótima corrida, pelo que aconteceu ontem. Consegui marcar alguns pontinhos importantes”, analisou Massa, único piloto nacional que dirige um carro com chances reais de disputar o título.

Rubens Barrichello parabenizou o amigo da Ferrari, mas não estava contente com o desempenho de sua Williams, que chegou a ficar parada na largada e terminou na 12ª colocação neste domingo. “O Felipe está todo alegre, na liderança. Já a porcaria de nosso carro ainda não está legal”, brincou Rubinho.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *