F1: Lucas dá suas primeiras voltas com o VR-01

Na versão mais curta do circuito de Silverstone, brasileiro andou na parte da tarde com o carro da Virgin. Agora, equipe parte para a Espanha, onde a Fórmula 1 realiza mais testes coletivos a partir do dia 10.

Apesar do asfalto molhado, mas que foi melhorando ao longo do dia, a sexta-feira (5) foi de tempo ensolarado durante à tarde em Northamptonshire, cidade onde fica localizado o circuito de Silverstone, palco dos primeiros testes de verificação do VR-01, carro com o qual a Virgin Racing, equipe do brasileiro Lucas Di Grassi (Clear/Eurobike/Locaweb/Schioppa/Ricardo Almeida) fará sua estreia a temporada 2010 da Fórmula 1.

O dia marcou a primeira experiência de Lucas com o carro da equipe. “Foi um dia muito bom, já que foi possível completar várias voltas”, afirmou o piloto. Suas impressões foram positivas, mas o brasileiro diz que só será possível saber mais do carro durante os testes da próxima semana em Jerez de La Frontera. “É difícil saber do potencial do carro, já que os testes de hoje foram apenas de verificação dos componentes e de checagem na durabilidade”, disse Lucas, que realizou o shakedown do modelo na versão curta do traçado de Silverstone.

“Mas foi tudo dentro do programa, como o previsto, sem problemas. O carro em si parece bom”, apontou Di Grassi, que sempre que esteve na pista, foi usando pneus de chuva extrema e intermediários – quando o asfalto começou a secar. “Ainda é muito prematuro emitir uma impressão geral sobre a dirigibilidade e velocidade do carro, mas posso dizer que me senti bastante confortável. A posição de guiar, dos pedais e a distribuição dos botões pelo volante me agradaram bastante”, explicou Lucas, que volta ao cockpit do VR-01 a partir da próxima semana, quando a Virgin se juntará às demais equipes no circuito espanhol de Jerez de La Frontera entre os dias 10 e 13, e depois entre 17 e 20 deste mês para mais testes coletivos. Ainda na Espanha, a equipe fará mais treinos do dia 25 a 28, mas no circuito de Barcelona.

“Agora já sabemos onde devemos fazer algumas mudanças, já que o projeto todo é muito novo, para chegarmos na Espanha em uma condição que nos permita fazer vários quilômetros com o carro. Na próxima semana em Jerez o objetivo é acumular muita quilometragem, para irmos trabalhando nas outras partes do carro”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *