F1: Lucas mostra ansiedade por estrear em mais um circuito lendário

Brasileiro classifica pista de Monza, na Itália, como “fantástica” e acredita que a Virgin Racing terá um bom pacote para a prova do fim de semana

A Fórmula 1 volta a correr, no próximo fim de semana, em um dos circuitos mais tradicionais de sua história. Duas semanas após o GP da Bélgica, na mítica pista de Spa-Francorchamps, as máquinas da principal categoria do automobilismo mundial se reúnem em Monza, próximo a Milão, para o Grande Prêmio da Itália. Depois de disputar sua primeira corrida em Spa a bordo de um carro de Fórmula 1, Lucas Di Grassi (Clear, Sorocred, Locaweb, Eurobike, Schioppa) demonstra a mesma ansiedade para estrear no traçado italiano.

“Eu sinto a mesma sensação sobre correr em Monza, que eu senti na última corrida em Spa. São duas pistas fantásticas, circuitos lendários, nos quais eu já corri, mas, como será a primeira vez com um carro de Fórmula 1, sempre vai ser mais especial. Além disso, eu gosto muito de correr em pistas de alta velocidade, como é o caso de Monza e também foi em Spa. Estou bem animado para este fim de semana”, comentou o piloto que foi considerado pela renomada revista inglesa Autosport como o melhor estreante da temporada até o momento.

Ansiedade à parte, o brasileiro da Virgin Racing se mostra confiante para a etapa italiana do Mundial. Lucas revela que, assim como a maioria das equipes, o time de Sir Richard Brenson levará um carro específico para as características do traçado desta pista peculiar.

“Monza é um circuito que requer muito menos downforce (pressão aerodinâmica) que qualquer outra da temporada. A prioridade é ter velocidade de reta. Nós contamos com um pacote aerodinâmico específico para Monza. Mas todas as equipes têm – exceto a Hispania -, já que está é a pista com a maior média e a maior velocidade final de todo o campeonato. Por isso, acredito que a corrida será movimentada com muitas chances de ultrapassagem”, analisou.

Com um dos melhores simuladores da categoria a sua disposição, Lucas afirma estar preparado para corrida italiana. “Trabalhei bastante no simulador para me preparar e acredito que temos um bom pacote para esta corrida. Precisamos ter foco para encontrar o melhor equilíbrio para a nossa configuração para o acerto com pouco downforce. Nosso objetivo é sempre o mesmo (ser a melhor equipe estreante) e agora, que estamos na reta final da temporada, tudo se torna ainda mais importante”, revelou Lucas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *