F1: Maria de Villota ainda não consegue explicar acidente

A piloto já consegue se comunicar com médicos e familiares, mas não está em condições de ajudar com as investigações do caso

A piloto de testes da Marussia, Maria de Villota, está em recuperação no Addembrook’s Hospital, de Cambridge, e já consegue se comunicar com médicos e familiares. Entretanto, a espanhola ainda não está em condições de ajudar nas investigações das causas do acidente sofrido por ela em um teste da equipe na Inglaterra.

– María não se encontra ainda em um estado suficientemente bom que a permita participar de nenhuma das investigações do acidente. Nenhum comentário será emitido até que todas as investigações em andamento estejam fechadas e disponíveis – diz um comunicado no site da equipe Marussia.

A piloto sofreu um grave acidente no início do mês ao chocar-se com um caminhão de apoio da equipe Marussia, em baixa velocidade, durante testes aerodinâmicos da equipe em um aeroporto da Inglaterra. Como consequencia, a espanhola teve vários ferimentos e perdeu seu olho direito.

Segundo o site, Maria vem recebendo cuidados oftalmológicos, plásticos e traumatológicos. Além disso, os resultados obtidos pelos médicos estão sendo positivos, mas não existe um prazo para a piloto deixar o hospital.

Fonte: LANCENET!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *