F1: Massa e Coulthard seguem irritados com batida

Quatro dias após o GP da Austrália, etapa de abertura da temporada de 2008 da Fórmula 1, a batida ocorrida entre o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, e o escocês David Coulthard, da Red Bull, ainda deixa os pilotos irritados um com a outro.

O brasileiro voltou a falar do acidente hoje, durante entrevista que antecede o GP da Malásia, que será realizado neste domingo, e intensificou as acusações ao rival. Os dois se tocaram na 25ª volta quando dividiam uma curva e Coulthard teve de abandonar a prova.


“Eu fiquei pouco surpreso. Nós estávamos disputando posição e tentei passá-lo. Estava por dentro, ele me fechou e nós batemos. Todos sabem que dois carros não podem ocupar o mesmo lugar na curva e geralmente o cara por fora tem mais possibilidades de sair da frente”, afirmou.


O brasileiro disse que não deve desculpas ao rival. “Não vou pedir desculpas porque não fiz nada errado. Quando cometo um erro me desculpo, mas desta vez não tenho que fazer isto”, afirmou.


“Foi uma manobra normal e, na minha opinião, ele não me viu. Porém, quando acontece algo fora do comum a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) está aí para punir, mas desta vez nem iniciaram uma investigação sobre mim ou sobre ele”, explicou.


Coulthard também não amenizou o tom. “Obviamente pedirei desculpas por minha forte linguagem. Estava frustrado. A realidade é que nesta situação ele não está competindo comigo pelo título mundial, então ele pode fazer a mesma coisa nas próximas 17 corridas e ter o mesmo resultado”, ironizou.


Com informações da agência AFP.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *