F1: Massa elogia visibilidade, mas critica ondulações

De acordo com Felipe Massa, a visibilidade não foi um problema em seu primeiro contato com a pista de Cingapura, que está abrigando a primeira corrida noturna da história da Fórmula 1. Embora realce que correr sob luzes artificiais não apresenta condições tão boas como acontece à luz do dia, o brasileiro da Ferrari assegura que um fator realmente prejudicial na pista de Marina Bay é a alta quantidade de ondulações.

Antes, a maior preocupação dos pilotos tendo em vista o Grande Prêmio de Cingapura, as condições de visibilidade foram elogiadas por Massa depois que ele cravou o segundo melhor tempo desta sexta-feira, dia de abertura dos testes.


“É um desafio diferente e bem interessante”, analisou o brasileiro em conversa com os jornalistas brasileiros. “Ainda temos que nos acostumar um pouco mais com a noite, dá para perceber que não há 100% de visibilidade, mas acho que é tranqüilo. Não muda muito”, completou.


Por outro lado, Massa não deixou de tecer críticas quando às condições oferecidas pelo autódromo asiático, cujas ondulações são muito acentuadas.


“A pista tem muita ondulação”, disse, destacando um problema que já havia sido percebido também por Rubens Barrichello: ao completar voltas a bordo de uma scooter na quinta-feira, o representante da Honda observou que o traçado não era liso como o imaginado.


Questionado também acerca do desempenho da Ferrari, que o colocou entre os primeiros colocados nos trabalhos iniciais em Cingapura, Massa se saiu com uma resposta positiva.


“O carro está bom e estamos bem constantes. O único problema tem relação com os pneus novos, com os quais não consegui rodar bem até aqui”, concluiu.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *