F1: Massa: “Ferrari não é rápida o suficiente para vencer na Malásia”

A exemplo do mostrado na Austrália, a Ferrari não conseguiu ter um bom desempenho durante o primeiro dia de treinos para o Grande Prêmio da Malásia. Sexto colocado ao final da movimentação, Felipe Massa mostrou-se incomodado com o rendimento do seu carro, e acredita que o time italiano não tem chances de brigar por vitória no circuito de Sepang.

Sem confiar em uma melhora do monoposto ferrarista, o piloto brasileiro acreidta que sua equipe precisará se valer de fatores não delimitados nos boxes, como a estratégia de prova e a condição térmica no momento da corrida, para ter a possibilidade de se aproximar das rivais Red Bull e McLaren.

“Em uma pista como essa, com o tempo instável e o desgaste dos pneus, muitos fatores delimitarão a briga pelas primeiras posições, não só o tempo mais rápido”, afirmou Felipe, que não escondeu o descontentamento com a performance da sua Ferrari nesta sexta-feira.

“Do jeito que as coisas foram, aparentemente será um final de semana difícil, mas faremos tudo para nos aproximarmos dos mais rápidos. Hoje (sexta-feira) as coisas não foram bem e sofremos para conseguir encontrar um bom acerto, então à noite vamos estudar como podemos melhorá-lo”, afirmou.

Massa, no entanto, reforçou o fato de a temporada estar apenas na sua segunda etapa, e que a escuderia italiana está fazendo o possível para melhorar seu desempenho o quanto antes.

“É apenas o começo da temporada. Ainda não somos rápidos o suficiente para brigar pela vitória ou a pole position, mas não quer dizer que nós iremos desistir. Vamos nos esforçar ainda mais para reduzir a diferença daqueles que trabalharam melhor”, contou.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *