F1: Massa vence fácil o GP da Espanha

O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, venceu neste domingo (13/05), o GP da Espanha, em Montmeló, Barcelona, quarta etapa da temporada. Foi a segunda vitória consecutiva de Massa no ano.

O inglês Lewis Hamilton, da McLaen, foi o 2º, e assumiu a liderança do campeonato. Fernando Alonso decepcionou o público que lotou o autódromo, ao chegar apenas na 3º posição.

Um problema no carro de Jarno Trulli fez a largada ser cancelada, com os carros dando mais uma volta de apresentação, e a corrida perdendo um volta, ficando com 65. Com tudo pronto foi dada a partida da prova, e logo no fim da curva aconteceu o lance decisivo da prova. Alonso colocou sua McLaren por fora, e aproveitando o vácuo, tentou passar Massa. O espanhol conseguiu colocar seu carro a frente por alguns segundos, mas o brasileiro não aliviou o pé, mantendo a trajetória da curva, obrigando Alonso a dar um passeio na brita. Com isso Hamilton e Kimi Raikkonen, da Ferrari, superaram o bi-campeão, que caiu para a 4º posição.


O austríaco Alexander Wurz bateu com sua Williams na Toyota de Ralf Schumacher e abandonou na 1º volta. Raikkonen teve mais um dia de azar e abandonou com problemas elétricos em sua Ferrari na 8º volta.


Massa fez a sua primeira parada na 19º volta. Nick Heideld, da BMW Sauber liderava até parar nos boxes e a equipe fazer uma lambança, na 24º volta. O alemão deixou o pit antes da hora, com uma porca da roda dianteira direita se soltando, sendo pega por um membro da Toyota. Heidfeld teve que voltar aos boxes, caindo para a 13º posição.


Duas voltas antes a dupla da Honda se envolveu em um acidente, quando Jenson Button voltava a pista, depois de seu pit stop. O inglês bateu no carro do brasileiro Rubens Barrichello, perdendo o bico. Se as coisas já não andam boas com os carros inteiros, quebrados então….. . Button voltou aos boxes e Barrichello continuou na sua luta para marcar ao menos um pontinho.


Com todos fazendo a sua parada Massa liderava seguido por Hamilton, Alonso, Robert Kubica, da BMW Sauber e David Coulthard, da Red Bull. A corrida seguiu como sempre na Espanha, onde as equipes treinam dezenas de vezes por ano e conhecem cada metro da pista. Nem a chicane construída antes da reta principal favoreceu as ultrapassagens.


Massa liderava tranqüilo com vinte segundos de vantagem para Hamilton. Na 42º volta o ferrarista para e novo nos boxes, deixando Hamilton na liderança, por cinco voltas. Barrichello consegue colocar a Honda na sétima posição, mas depois de sua segunda parada, foi superado por Giancarlo Fisichella, da Renault e Takuma Sato, da Super-Aguri. Fisichella para pela terceira vez nos boxes, perdendo o oitavo lugar para Sato.


Massa vence com 6s790 de vantagem para Hamilton, com Alonso em 3º. Kubica foi o 4º, com David Coulthard, marcando os primeiros pontos da Red Bull em 5º. Nico Rosberg, da Williams, terminou em 6º, seguido pelo finlandês Heikki Kovalainen, da Renault. Sato em 8º marcou fez a festa da equipe nipônica.


Hamilton assumiu a ponta do campeonato, com 30 pontos, seguido por Alonso com 28 e Massa, um ponto atrás.


A próxima etapa acontece dia 27 de maio, o tradicional GP de Mônaco, em Monte Carlo.


Final:


1 – Felipe Massa (Ferrari F2007) – 65 voltas em 1h31:36.230
2 – Lewis Hamilton (McLaren MP4-22-Mercedes) 6.790
3 – Fernando Alonso (McLaren MP4-22-Mercedes) – 17.456
4 – Robert Kubica (BMW Saber F1.07) – 31.615
5 – David Coulthard (Red Bull RB3-Renault) – 58.331
6 – Nico Rosberg (Williams FW29-Toyota) – 59.538
7 – Heikki Kovalainen (Renault R27) – 1:02.128
8 – Takuma Sato (Super Aguri SA07-Honda) – a 1 volta
9 – Giancarlo Fisichella (Renault R27) – a 1 volta
10 – Rubens Barrichello (Honda RA107) – a 1 volta
11 – Anthony Davidson (Super Aguri Sa07-Honda) – a 1 volta
12 – Jenson Button (Honda RA107) – a 1 volta
13 – Adrian Sutil (Spyker F8-Ferrari) – a 2 voltas
14 – Cristijan Albers (Spyker F8-Ferrari) – a 2 voltas


Volta mais rápida: Massa, 1:22.680


Abandonos:



Nick Heidfeld – 48º volta
Ralf Schumacher – 46º volta
Vitantonio Liuzzi – 20º volta
Scott Speed – 10º volta
Kimi Raikkonen – 8º volta
Jarno Trulli – 6º volta
Mark Webber -5º volta
Alex Wurz – 1º volta


Campeonato:


1. Hamilton 30;
2. Alonso 28;
3. Massa 27;
4. Raikkonen 22;
5. Heidfeld 15;
6. Kubica 13;
7. Fisichella 8;
8. Coulthard 5;
9. Rosberg 4;
10. Trulli, Kovalainen 3;
12. Schumacher, Sato 1.

Construtores:
1. McLaren-Mercedes 58;
2. Ferrari 39;

3. BMW 23;
4. Renault 11;
5. Williams-Toyota, Toyota 5;
7. Red Bull 4;
8. Super Aguri 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *