F1: Max Verstappen vence GP da Malásia

O holandês Max Verstappen (Red Bull) venceu neste domingo (01/10), o GP da Malásia, no Circuito de Sepang, em Kuala Lampur, 15ª etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Verstappen na categoria. O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) terminou em segundo, seguido pelo australiano Daniel Ricciardo (Red Bull).

Verstappen assumiu a ponta na quarta volta, quando superou o pole-position Hamilton, usando a asa-móvel (DRS). Rapidamente o jovem piloto, de apenas 20 anos, abriu vantagem, perdendo a ponta apenas na parada nos boxes, para a troca de pneus.

No final Verstappen venceu com tranquilos 12s770 de vantagem sobre Hamilton. Ricciardo completou o pódio do último GP da Malásia (o país asiático sediava uma etapa da F-1 desde 1999, mas não renovou o contrato).

A imagem pode conter: 22 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Saindo da última posição, depois de ter problemas com o carro no treino classificatório, o alemão Sebastian Vettel (Ferrari) terminou em quarto.

Depois da bandeirada Vettel se envolveu em um bizarro acidente com o canadense Lance Stroll (Williams). A Ferrari #5 teve a lateral destruída, e Vettel pegou uma carona na Sauber do compatriota Pascal Wehrlein, para retornar aos boxes.

O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) foi o quinto, seguido pelo mexicano Sergio Pérez (Force India) e o belga Stoffel Vandoorne (McLaren).

A imagem pode conter: carro, atividades ao ar livre e texto

Stroll, seu parceiro de equipe, o brasileiro Felipe Massa, e o francês Esteban com (Force India) fecharam a zona de pontos.

O estreante francês Pierre Gasly (Toro Rosso) terminou na 14ª posição.

O finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari), que marcou o segundo tempo para o grid, teve problemas no carro (o esmo que Vetttel teve no sábado, falta de potência no motor), e não largou.

Hamilton lidera com 281 pontos, seguido por Vettel com 247.

A próxima etapa acontece no dia 08 de outubro, o GP do Japão em Suzuka.

Final:

1 – Max Verstappen (Red Bull-Renault) – 56 voltas em 1.30’01″290
2 – Lewis Hamilton (Mercedes) – 12″770
3 – Daniel Ricciardo (Red Bull-Renault) – 22″519
4 – Sebastian Vettel (Ferrari) – 37″362
5 – Valtteri Bottas (Mercedes) – 56″021
6 – Sergio Perez (Force India-Mercedes) – 1’18″630
7 – Stoffel Vandoorne (McLaren-Honda) – 1 volta
8 – Lance Stroll (Williams-Mercedes) – 1 volta
9 – Felipe Massa (Williams-Mercedes) – 1 volta
10 – Esteban Ocon (Force India-Mercedes) – 1 volta
11 – Fernando Alonso (McLaren-Honda) – 1 volta
12 – Kevin Magnussen (Haas-Ferrari) – 1 volta
13 – Romain Grosjean (Haas-Ferrari) – 1 volta
14 – Pierre Gasly (Toro Rosso-Renault) – 1 volta
15 – Jolyon Palmer (Renault) – 1 volta
16 – Nico Hulkenberg (Renault) – 1 volta
17 – Pascal Wehrlein (Sauber-Ferrari) – 1 volta
18 – Marcus Ericsson (Sauber- Ferrari) – 1 volta

Volta mais rápida: Sebastian Vettel 1’34″080

Abandonos:

Carlos Sainz (Toro Rosso-Renault) – 29 voltas
Kimi Raikkonen (Ferrari) – 0 volta

Campeonato, pilotos:

1.Hamilton 281; 2.Vettel 247; 3.Bottas 222; 4.Ricciardo 177; 5.Raikkonen 138; 6.Verstappen 93; 7.Perez 76; 8.Ocon 57; 9.Sainz 48; 10.Hulkenberg 34; 11.Massa 33; 12.Stroll 32; 13.Grosjean 26; 14.Vandoorne 13; 15.Magnussen 11; 16.Alonso 10; 17.Palmer 8; 18.Wehrlein 5; 19.Kvyat 4.

Campeonato, construtores:

1.Mercedes 503; 2.Ferrari 385; 3.Red Bull-Renault 270; 4.Force India-Mercedes 133; 5.Williams-Mercedes 65; 6.Toro Rosso-Renault 52; 7.Renault 42; 8.Haas-Ferrari 37; 9.McLaren-Honda 23; 10.Sauber-Ferrari 5

Foto: Facebook Red Bull, Mercedes e Williams

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *