F1: Max Verstappen vence GP do México. Lewis Hamilton conquista o tetracampeonato

O holandês Max Verstappen (Red Bull) venceu o GP do México, no Autódromo Hermanos Rodríguez, 18ª etapa da temporada. Foi a terceira vitória de Verstappen na categoria. Com o nono lugar, o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) conquistou o seu quarto título mundial.

Um uma largada de tirar o fôlego, Verstappen foi para cima do pole-position, o alemão Sebastian Vettel (Ferrari), com os dois carros se tocando, mas sem nenhum dano nos carros. Logo atrás, tentando se aproveitar, Hamilton foi para cima de Vettel, com os dois carros de tocando. A Ferrari teve o bico quebrado, com a Mercedes tendo o pneu traseiro direito furado. Os dois foram para os boxes, caindo para as últimas posições.

F1: Max Verstappen vence GP do México. Lewis Hamilton conquista o tetracampeonato

Verstappen logo abriu uma confortável vantagem, vencendo de ponta a ponta, com 19s678 de vantagem sobre o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes). O também finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari) completou o pódio.

F1: Max Verstappen vence GP do México. Lewis Hamilton conquista o tetracampeonato

Vettel, que ainda tinha reduzidas chances de impedir o título antecipado de Hamilton, foi recuperando posições, terminando em quarto.

O francês Esteban Ocon (Force India) foi o quinto, seguido pelo canadense Lance Stroll (Williams), que completou 19 anos hoje, o mexicano Sergio Pérez (Force India) e o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas).

Hamilton, depois de um começo ruim (o carro tinha pouca potência, com o piloto chegando a levar bandeira azul, ao ficar uma volta atrás dos líderes) terminou em nono, seguido pelo espanhol Fernando Alonso (Mercedes) Os dois campeões protagonizaram um ótimo momento, disputando curva a curva a nona posição.

F1: Max Verstappen vence GP do México. Lewis Hamilton conquista o tetracampeonato

O brasileiro Felipe Massa (Williams) terminou apenas na 11ª posição. Ele teve a prova prejudicada ao ser obrigado a entrar nos boxes, logo nas primeiras voltas, devido um problema no pneu dianteiro direito.

Hamilton se tornou o britânico com mais títulos na história da F-1.

A próxima etapa, o GP do Brasil, em Interlagos, acontece no dia 12 de novembro.

Final:

1 – Max Verstappen (Red Bull-Renault) – 71 voltas em 1.36’26″550
2 – Valtteri Bottas (Mercedes) – 19″678
3 – Kimi Raikkonen (Ferrari) – 54″007
4 – Sebastian Vettel (Ferrari) – 1’10″078
5 – Esteban Ocon (Force India-Mercedes) – 1 volta
6 – Lance Stroll (Williams-Mercedes) – 1 volta
7 – Sergio Perez (Force India-Mercedes) – 1 volta
8 – Kevin Magnussen (Haas-Ferrari) – 1 volta
9 – Lewis Hamilton (Mercedes) – 1 volta
10 – Fernando Alonso (McLaren-Honda) – 1 volta
11 – Felipe Massa (Williams-Mercedes) – 1 volta
12 – Stoffel Vandoorne (McLaren-Honda) – 1 volta
13 – Pierre Gasly (Toro Rosso-Renault) – 1 volta
14 – Pascal Wehrlein (Sauber-Ferrari) – 1 volta
15 – Romain Grosjean (Haas-Ferrari) – 1 volta

Volta mais rápida: Sebastian Vettel 1’18″785

Abandonos:

Carlos Sainz – (Renault) – 59 voltas
Marcus Ericsson – (Sauber-Ferrari) – 55 voltas
Brendon Hartley – (Toro Rosso-Renault) – 30 voltas
Nico Hulkenberg – (Renault) – 24 voltas
Daniel Ricciardo – (Red Bull-Renault) – 5 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *