F1: McLaren diz que vento causou acidente de Hamilton

Um carro de Fórmula 1, com o piloto dentro, tem aproximadamente 600 kg. Ainda assim, a McLaren alega que uma repentina rajada de vento foi suficiente para causar a batida de Lewis Hamilton na quarta curva do circuito de Jerez de la Frontera.

“Apesar de o impacto ter sido a apenas 44km/h, o carro ficou danificado na parte traseira. Com tão pouco tempo para reparar os danos, a equipe optou por finalizar a sessão”, comentou a equipe, através de comunicado oficial.

A respeito da bandeira amarela causada por Hamilton durante a manhã, a McLaren também deu a sua versão dos fatos: “O programa de hoje começou com um teste para avaliar a capacidade do tanque de combustível do carro na pista molhada”. Ou seja, o MP4-24 não teria quebrado, mas sim sofrido uma pane seca programada.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *