F1: McLaren não se arrepende de ter ajudado Brawn

Equipe de Woking possibilitou vida à ex-Honda por acordo com a Mercedes.

A McLaren não se arrepende de ter possibilitado a sobrevivência da Brawn. Uma de suas donas, a Mercedes-Benz, é fornecedora de motores da equipe de Brackley.

A Brawn fez dobradinha nos primeiros testes coletivos dos quais participou e já é apontada por muitos como a mais veloz do momento.

Embora a Brawn tenha sido o destaque positivo e a McLaren tenha decepcionado na semana de ensaios, Martin Whitmarsh afirmou ter gostado de ver que o esforço feito para garantir a Brawn deu resultado e que os motores Mercedes são eficientes.

“O carro da Brawn parece rápido e fico satisfeito por isso. Mas a McLaren, a Mercedes-Benz e a Fota estiveram à frente do esforço para garantir que a equipe pudesse sobreviver. Será prazeroso se a Brawn não só sobreviver como também for um sucesso”, disse o chefe da McLaren à revista “Autosport”.

Norbert Haug, chefe de automobilismo da Mercedes, confirmou o bom desempenho da ex-Honda: “A Brawn fez um trabalho excelente e foi a mais veloz em Barcelona em uma volta e em distância de corrida. Nosso desempenho [da McLaren] ainda não é o que deve ser, mas trabalharemos bastante para melhorá-lo e para que voltemos ao nosso padrão”.

Brawn e McLaren testarão em Jerez, na Espanha, a partir deste domingo. Renault e Williams farão companhia a elas.

Fonte: Tazio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *