F1: Mercado mantém GP da Índia na Fórmula 1

Apesar do atraso na construção de um circuito na cidade de Nova Déli, o Grande Prêmio da Índia foi confirmado no calendário da Fórmula 1 em 2011. Segundo Bernie Ecclestone, chefe da categoria, o mercado indiano não pode ser desprezado em tempos de crise.

“É um país imenso, com uma grande população e é bom para os patrocinadores, montadoras e todos envolvidos com a Fórmula 1. Não duvido que nada na Índia será rival à altura para o críquete, mas vamos ver o que acontece”, disse o dirigente à “BBC”.

Normalmente intransigente com o descumprimento de prazos, Ecclestone se mostrou confiante em relação às obras, que deveriam ter sido iniciadas em outubro do ano passado e foram postergadas para o próximo verão europeu.

“Claro que conseguiremos [construir o circuito] senão não teríamos chegado a um acordo”, afirmou o britânico sobre o contrato de dez anos assinado com a JPSK Sports Private, responsável pela organização da prova.

Há dois anos, a Associação Olímpica Indiana anunciou que o país receberia uma corrida da principal categoria do automobilismo mundial em 2010. O planejamento, no entanto, naufragou devido aos problemas para a construção da pista.

A nação de mais de um bilhão de habitantes já é representada na Fórmula 1 pela escuderia Force Índia, que fez sua estréia na competição no ano passado.

Fonte: Máquina do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *