F1: Mercedes garante que dupla de pilotos para 2010 vai “surpreender”

“O cockpit mais atrativo da Fórmula 1”, como Ross Brawn classificou a vaga disponível na Mercedes GP para o próximo campeonato, terá um dono surpreendente. Pelo menos foi isso que o diretor esportivo da montadora, Norbert Haug, assegurou neste domingo, aumentando as especulações relacionadas a nomes de peso como Michael Schumacher e Kimi Raikkonen.

A partir do momento em que perdeu Jenson Button para a McLaren, Nick Heidfeld, bastante elogiado por Haug há uma semana, apareceu como favorito para ser parceiro de Nico Rosberg, praticamente garantido na Mercedes, embora falte o anúncio oficial. Porém, a contratação do ex-piloto da BMW não representaria um troco à antiga parceira, e assim surgiram as opções Schumacher e Raikkonen.

“Tenho muita certeza de que você e seus leitores gostarão da nossa escolha. Vocês podem se surpreender”, adiantou, nesse contexto, o dirigente em entrevista ao diário Bild. No entanto, ele não quis confirmar que haja negociações travadas com os campeões mundiais. “Sempre há especulações neste esporte, especialmente quando cockpits não estão preenchidos. E há sonhos, isso é uma coisa boa. Cumpri-los é uma outra história”.

Por outro lado, Haug fez questão de aumentar os boatos ligando a Mercedes a Schumacher e Raikkonen quando negou a teórica exigência da marca, citada pelo repórter do Bild, em ter uma dupla de pilotos totalmente alemã. “Você parece saber mais do que eu. Com todo o respeito, acho que não sabe”, respondeu.

Apesar dos “sonhos” mantidos pelo germânico, a porta-voz do maior ganhador da história da Fórmula 1 assegurou que “não há negociações em andamento” para um eventual retorno do aposentado piloto. Em entrevista à BBC neste domingo, um dos homens que deveria se animar com essa possibilidade, o chefão comercial da categoria Bernie Ecclestone, também se mostrou pessimista. “É muito improvável. Não vejo razões e não ouvi nada sobre isso”, ressalvou.

Na luta por Raikkonen, seu agente, Steve Robertson, afirmou durante a semana que o finlandês tem “99% de chances” de disputar em 2010 o Campeonato Mundial de Rali (WRC). Contudo, evitou fechar as portas para a Mercedes, que deveria “convencer” o piloto que terá condições de lutar pelo título já na temporada que vem.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *