F1: Mercedes GP libera Heidfeld para testes na Pirelli

Especulado como o piloto a testar os novos pneus da fábrica italiana Pirelli, o alemão Nick Heidfeld foi liberado de seu contrato com a Mercedes GP, e será mesmo o condutor oficial do monoposto que formará as novas rodas a serem utilizadas por todas as equipes da Formula 1 a partir da temporada 2011.

Heidfeld era o piloto reserva da Mercedes, que tem como titulares o experiente Michael Schumacher e o jovem Nico Rosberg, também alemães. Sem muitas chances, ele foi cedido à Pirelli e deverá iniciar os testes pela fábrica de pneus já nesta terça-feira, segundo o diário britânico Autosport.

O chefe da escuderia alemã, Ross Brawn, confirmou a saída de Heidfeld para a fábrica italiana. “O time está contente por dar a oportunidade a Nick Heidfeld de entrar na Pirelli e contribuir para o seu trabalho de desenvolvimento para o iminente retorno da companhia à Formula 1”, afirmou, elogiando o seu ex-funcionário.

“Nick é um piloto extremamente experiente e temos certeza que seu conhecimento de pista e análise técnica se mostrarão bastante úteis à Pirelli e também para o esporte de uma maneira geral. Ele foi bastante ativo desde que assinou com a Mercedes e ficamos felizes em ver sua carreira progredindo”, concluiu o dirigente.

Heidfeld deixa a Mercedes sem ter realizado nem mesmo uma corrida sequer, em substituição aos regulares Schumacher e Rosberg. Ainda que não tenha pilotado o modelo 2010 do monoposto alemão, ele agradeceu a estadia na equipe – que não deverá contratar um novo piloto reserva.

“Em primeiro lugar, gostaria de agradecer os dirigentes Ross Brawn, Norbert Haug e Nick Fry por me dar a oportunidade de me tornar o piloto oficial da Pirelli. O time sempre disse que não ficaria no meu caminho caso tivesse uma oportunidade melhor, e eles gentilmente me liberaram para essa nova etapa da minha carreira”, contou.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *