F1: Mesmo punido, Hamilton acredita em pódio na França

O piloto da McLaren Lewis Hamilton parece não estar abalado pela punição que o obrigará a perder 10 posições no grid do GP da França, no próximo dia 22. Apesar da sanção, resultado do acidente provocado por ele nos boxes do GP do Canadá, o atual vice-campeão mundial de Fórmula 1 acredita que poderá alcançar o pódio em Magny-Cours.

“Sinto que posso acabar a corrida entre os três primeiros colocados. Será um grande desafio, mas este é o meu trabalho. Tenho que seguir acreditando em mim mesmo e na minha equipe”, afirmou o inglês de 23 anos.

Hamilton foi penalizado por ter atingido o finlandês Kimi Räikkönen, da Ferrari, após a primeira parada nos boxes. O piloto da McLaren afirmou não ter visto o sinal vermelho indicando que os carros não poderiam voltar para a pista e acabou atingindo a traseira do rival.

Após a disputa em Montréal, o polonês Robert Kubica, da BMW, saltou à liderança do Mundial de Pilotos com 42 pontos. Hamilton está na segunda posição, ao lado de Felipe Massa, da Ferrari, com 38. Räikkönen vem em seguida, com 35.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *