F1: Minha punição mostra o quanto a Fórmula 1 é ruim, diz Fernando Alonso

Após terminar o GP do Japão em 14º lugar, mais uma vez fora da zona de pontuação, portanto, Fernando Alonso estava inconformado. Afinal, o espanhol foi punido e teve de ficar cinco segundos parado nos boxes antes do começo de seu pit stop após um entrevero com Lance Stroll. Explica-se: o bicampeão foi fechado pelo canadense na aproximação para a chicane e acabou passando reto, mas fez a ultrapassagem na sequência, o que, no entendimento dos comissários, foi irregular. O piloto da Williams também foi punido em cinco segundos pela fechada no adversário.

“Isso só mostra o quanto a Fórmula 1 é ruim. Você está freando do lado de fora da última curva, um cara não te vê, ele vem pedir desculpas, você vai na brita e recebe uma penalidade. Então, é uma pena”, criticou o piloto da McLaren, que deixará a categoria no fim da atual temporada.

Crítico contumaz da Fórmula 1 atual, Alonso fez questão de dizer que não estava chateado com Stroll, com quem conversou sem problemas depois da corrida, mas apenas com os comissários desportivos:

“Ele (Stroll) não me viu. Se ele me viu e disse “vou colocar você na grama”, é outra coisa, mas os comissários foram infelizes em um incidente de corrida. Não muda muito, porque em vez do 14º, talvez terminasse em 12º, mas você sabe, é a forma como é.”

Lance Stroll também não concordou com a punição e disse que a disputa com Alonso foi normal, de corrida. O canadense também explicou por que foi se desculpar com o bicampeão mundial.

“Estávamos apenas competindo. Contornando a 130R, voltando, as coisas da primeira volta – houve um pouco de contato, e foi isso. Ele atacou, eu defendi, coisas típicas na primeira volta. Só queria dizer a ele não ter ressentimentos sobre a primeira volta, as coisas esquentaram e nós dois sofremos penalidades”, lamentou o piloto da Williams.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *