F1: Vettel culpa Verstappen por batida

Depois de sucessivos erros individuais e estratégicos, por parte da Ferrari, Sebastian Vettel deparou-se com uma nova situação desse tipo no Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1, na madrugada deste domingo, vencido pelo britânico tetracampeão Lewis Hamilton.

Na oitava volta, o piloto da Ferrari tentou forçar a ultrapassagem para cima de Max Verstappen, terceiro colocado, na curva Spoon, conhecida por não ser um trecho de fácil manobra. Após o acidente, Vettel rodou, foi para fora da pista e só retornou na 19ª colocação, praticamente definindo o campeonato de pilotos em favor de Hamilton.

Depois da corrida, entretanto, o alemão mostrou não se arrepender da tentativa de ultrapassagem e foi além, culpando o membro da Red Bull pela colisão.

“Eu estava tentando forçar a ultrapassagem, mas não estava desesperado. O espaço existia. Assim que ele me viu, fez a defesa. Quando ele (Verstappen) vê que alguém está perto, em minha opinião, faz esforços que não deveria fazer. Aconteceu com o Kimi (Raikkonen) também”, contou, relembrando outra ocasião de tal natureza envolvendo Verstappen.

“Estamos todos correndo, faz parte. Mas não me arrependo da manobra. O espaço estava lá, vi que conseguiria passar, tinha mais velocidade e estávamos lado a lado. Ele não me deu respiro suficiente e nós batemos”, explicou Vettel.

O piloto alemão soma 264 pontos na tabela de classificação, estando 67 atrás de Hamilton, líder isolado. O britânico da Mercedes, inclusive, pode consagrar-se pentacampeão já na próxima corrida, em Austin, nos Estados Unidos.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *