F1: Mosley revela que ficou aliviado com título de Raikkonen

A língua afiada do presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Max Mosley, voltou a atacar seus principais desafetos desta temporada de 2007. Após a denúncia do caso de espionagem cometido pela McLaren, o homem-forte da entidade declarou seu desprezo pelo chefe da escuderia inglesa, Ron Dennis, e agora revelou estar aliviado pelo fato de Fernando Alonso e Lewis Hamilton terem passado o ano em branco.
Depois de brigar com outros membros da FIA e defender a exclusão dos dois pilotos da McLaren do Campeonato Mundial, Mosley declarou, em entrevista publicada pelo diário The Guardian, que se sentiu feliz com o fato de ambos terem perdido o título para o finlandês Kimi Raikkonen.

“Estou aliviado, porque se tivesse sido algum piloto da McLaren a conquistar o campeonato, sempre haveria um questionamento sobre a validade do título. Tivemos muita sorte”, afirmou o presidente da FIA.


Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *