F1: Nelsinho Piquet conquista primeiro pódio da Renault na temporada

Piloto larga em 17º, faz excelente prova e chega em segundo lugar no GP da Alemanha.

Nelsinho Piquet conquistou hoje seu primeiro pódio na Fórmula 1 e o primeiro da ING Renault na temporada. Com um excelente desempenho, o piloto largou da 17ª posição e chegou em segundo no Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula 1, realizado em Hockenheim. Com o resultado, o brasileiro chegou a 10 pontos e ocupa o 11º lugar no campeonato, melhor posição entre os estreantes.

Nelsinho contou com uma excelente estratégia e também com a sorte para estrear no pódio da Fórmula 1. O piloto aproveitou a posição de largada para realizar apenas uma parada e ganhar posições durante a prova. Na 36ª volta, um acidente com o piloto alemão Timo Glock motivou a entrada do safety car. Vários adversários aproveitaram para parar nos boxes, o que deixou Nelsinho em terceiro lugar após a relargada. O brasileiro chegou a ocupar a liderança por sete voltas e manteve sempre um ritmo forte, apesar de estar com o tanque bem mais cheio que os demais pilotos.

“Estou muito feliz. Após a classificação de ontem, achei que meu fim de semana estava acabado, mas optamos por uma estratégia agressiva para a prova e a equipe tomou excelentes decisões durante a entrada do safety car. Então, me concentrei para manter um bom ritmo e deixar os pneus em boas condições até o fim da prova”, afirma Nelsinho. “Eu sabia que o Lewis (Hamilton) estava muito mais rápido do que eu, então não quis correr nenhum risco desnecessário. O segundo lugar de hoje é uma grande recompensa para toda a equipe”, comemorou Nelsinho.

O desempenho de Nelsinho foi bastante elogiado pela equipe ING Renault. “Nelson fez uma corrida fantástica. Ele provou ser capaz de andar muito rápido até o fim da prova e de permanecer forte sobre enorme pressão. Estou muito feliz por ele e pela equipe, que realmente mereceu esse resultado”, destaca o chefe da ING Renault, Flávio Briatore.

O primeiro pódio de Nelsinho na Fórmula 1 mostra que a Alemanha tem mesmo um lugar de importância para a família Piquet. O circuito de Hockenheim fica a apenas 25 quilômetros de Heidelberg, cidade-natal de Nelsinho, e foi o local da estréia de Nelson Piquet na categoria, há 30 anos. Outra coincidência: Timo Glock, que motivou a entrada do safety car, é alemão. Sebastian Vettel, que atrapalhou Nelsinho no treino de classificação e possibilitou a estratégia de apenas uma parada, também.

O resultado é um presente antecipado para Nelsinho, que na próxima sexta-feira, 25 de julho, completa 23 anos. Na semana que vem, Nelsinho volta às pistas para mais uma sessão oficial de testes da Fórmula 1, no circuito de Jerez de La Frontera, na Espanha. O objetivo será iniciar o acerto do carro para o Grande Prêmio da Hungria, em duas semanas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *