F1: Nelsinho Piquet volta a assegurar paz dentro da Renault

Desafiar, ou não, Fernando Alonso será um assunto que perseguirá Nelsinho Piquet durante sua temporada de estréia na Fórmula 1, em 2008. Nesta quarta-feira, durante testes em Jerez de la Frontera (ESP), o piloto brasileiro disse estar ciente de que tem muito a aprender, mas que lutará pela vitória se souber que é capaz de fazê-lo.

Nelsinho foi promovido a titular nesta temporada depois de passar o campeonato passado como reserva. “Eu queria tanto que isso acontecesse, e agora que é real, estou muito feliz”, disse o filho do tricampeão de Fórmula 1, Nelson Piquet.

“No ano passado, tive um ótimo período com a equipe e pude conhecer a todos da fábrica e dos times de corrida e testes. É perfeito. Estou com a equipe que queria estar”, comemorou.

“Eu não tenho que provar nada para ninguém, mas tenho muito a aprender, especialmente com o Fernando, e eu prestarei muita atenção. Tenho que aprender muito sobre as pistas e me tornar familiar com o carro. Os modelos de Fórmula 1 não são fáceis de se acostumar, mas ainda assim terei muito tempo com ele antes da primeira corrida.”

Nelsinho ainda afirma que não estabeleceu nenhum objetivo para esta temporada, a não ser extrair o máximo do carro, confirmando que não há risco de ele ter desentendimentos com o companheiro, como aconteceu em 2007 entre Alonso e Lewis Hamilton, na McLaren, simplesmente porque “Flavio (Briatore) é um chefe muito melhor e não deixará que isso aconteça.”

“A atmosfera é perfeita aqui na Renault”, acrescentou. “Especialmente agora que nós temos Fernando de volta. Flavio é um chefe de equipe muito bom, e temos bons engenheiros e mecânicos. Não há nada do que se queixar.”

Para o futuro, o piloto brasileiro prevê título. “Tenho certeza que se eles já conquistaram títulos uma vez, podem conquistar de novo. Tudo depende de quão bem o carro progride. Se o carro é capaz de pódios, eu tentarei isso, e se for bom o suficiente para vencer, tentarei vencer. Todo piloto e toda equipe entra em uma corrida e em um campeonato para ser o mais rápido e vencer.”

Fonte: UOL Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *