F1: Nigel Stepney morre em acidente de carro

O britânico Nigel Stepney, um dos pivôs do escândalo de espionagem da F-1 em 2007, morreu em um acidente de transito nesta sexta-feira. A informação foi divulgada pela JRM, equipe britânica que disputa provas de turismo e tinha Stepney como gerente de equipe e diretor técnico desde 2010.

Em 2007, Stepney foi acusado de espionar a Ferrari, equipe em que era chefe dos mecânicos, a pedido da McLaren. O britânico foi condenado judicialmente na Itália, por sabotagem, espionagem industrial e fraude esportiva, mas nunca cumpriu os 20 meses de prisão que recebeu de pena.

Stepney, que tinha 56 anos, trabalhou por décadas na F-1, em várias equipes grandes, como a Lotus, Benetton, McLaren e a Ferrari.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *