F1: O volante ficou torto, conta Massa

Apontado como um dos favoritos ao título da temporada, Felipe Massa começou o campeonato de 2009 muito mal: neste domingo, o piloto da Ferrari até chegou a andar entre os três primeiros no GP da Austrália, mas acabou abandonando a disputa na 45ª volta, com falhas mecânicas.

“Na minha opinião, foi um problema na direção hidráulica”, afirmou o vice- campeão mundial, em conversa com jornalistas brasileiros presentes no circuito de Melbourne. “Estava em uma curva e o carro puxou para a direita, até assustei. Depois puxou de novo. O volante ficou completamente torto”, contou.

Felipe, que classificou a prova como complicada, teve problemas logo nas primeiras passagens, sendo obrigado a antecipar sua parada nos boxes devido à opção por pneus moles no começo da prova.

“Parecia uma boa estratégia e foi bom na minha largada, mas depois de cinco voltas comecei a perder a traseira do carro, pois o pneu estava desgastado demais”, explicou o ferrarista, cuja tática de três paradas foi prejudicada pela entrada do safety car na 20ª volta.

Massa ainda exaltou o uso do KERS por parte da Ferrari. “Ele me ajudou bastante na largada (quando pulou do sexto para o terceiro lugar), depois ainda passei um carro na curva 3 com ele, que ajudou até a me defender. O KERS no nosso carro não tem nem o que discutir, é fundamental”, afirmou o piloto, para quem a Ferrari, no momento, está no mesmo nível de BMW, Red Bull, Toyota e Williams.

Fonte Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *