F1: Para Ecclestone, GP da Coreia não preocupa

Depois de mais especulações colocando em dúvida a capacidade do circuito da Coreia do Sul ficar pronto até o dia 24 de outubro, data marcada para a prova, o detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, confirmou que a pista ficará pronta à tempo.

Os pontos que mais preocupam são a demora nas obras e o conflito político que existe no país. Para apoiar sua tese, o inglês lembra do GP de Abu Dhabi, que estreou ano passado. “Eles terão a corrida. Mesmo quando fui para Abu Dhabi três meses antes, achava que a pista nunca estaria pronta”, argumentou o dirigente em entrevista ao site do canal de televisão Speed.

De qualquer forma, Ecclestone admite que a tensão política entre as duas Coreias pode atrapalhar. “Provavelmente seria difícil a corrida acontecer em caso de guerra, o público não viria, o que não seria uma coisa boa, mas ainda tenho que estar lá”, afirmou.

As reformas custaram mais de 200 milhões de euros e ainda não foram finalizadas.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *