F1: Para ter Kers, Brawn terá de pagar Mercedes

Ross Brawn afirmou em Sepang que não tem pressa para estrear o Kers (sistema de recuperação de energia cinética) no modelo BGP 001. Primeiro porque a distribuição de peso no carro ficaria comprometida, já que as adaptações para a montagem do motor Mercedes no lugar do Honda reduziram os espaços para os lastros.

Além disso, para conseguir o Kers da Mercedes, leia-se da McLaren, a Brawn teria de pagar uma grana que hoje não tem.

“Tivemos algumas tentativas de discussão sobre o Kers, mas ainda é muito cedo para nós nos engajarmos nesse sentido”, comentou Brawn.

Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *