F1: Pérez anuncia saída da McLaren após uma temporada

O mexicano Sergio Pérez não continuará na McLaren para a temporada de 2014 da Fórmula 1. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira pelo próprio piloto, que foi contratado pela escuderia britânica depois de se destacar na Sauber e tinha contrato apenas para este ano.

Em sua primeira temporada na McLaren, Pérez encontrou dificuldades para alcançar bons resultados e também foi prejudicado pelo mau desempenho do carro. A duas provas do fim do ano, ele é o 12º colocado do Mundial com 35 pontos conquistados, 25 a menos do que seu companheiro de equipe Jenson Button, dono da nona posição.

“Tem sido uma honra integrar uma das equipes mais competitivas do esporte e não me arrependo de ter ido para o time. Sempre dei meu melhor e mesmo assim não consegui o que queria nesta equipe histórica”, disse Pérez por meio de um comunicado oficial.

Com a decisão de não continuar na McLaren, o piloto mexicano entra em um agitado mercado da Fórmula 1 e se torna concorrente ao posto vago na Lotus. O finlandês Kimi Raikkonen deixará o time para formar dupla com Fernando Alonso na Ferrari.

O brasileiro Felipe Massa, que deixou a escuderia italiana, assinou com a Williams esta semana, em que formará dupla com o finlandês Valtteri Bottas. Nico Hulkenberg, o também mexicano Esteban Gutiérrez e o venezuelano Pastor Maldonado são os principais concorrentes ao lugar na Lotus.

“Gostaria de desejar o melhor ao time, sempre serei um fã da McLaren. Mas estou cuidando do meu futuro e tentando garantir uma posição com o melhor pacote possível para brigar por vitórias”, afirmou o  piloto mexicano na nota emitida.

O melhor resultado de Pérez na McLaren foi a quinta colocação do Grande Prêmio da Índia. Ele ainda tem mais duas provas para superar este feito, os GPs dos Estados Unidos, em Austin, em que são esperados muitos mexicanos na torcida, e do Brasil.

“Estou comprometido em conseguir resultados muito bons nas duas últimas corridas, especialmente em Austin. Estou ansioso para ver todo meu povo junto, sentir sua energia e mostrar o melhor de mim. Gostaria de dizer a todos os meus fãs pelo mundo e no meu país que sou eternamente grato. Eles nunca me abandonaram, especialmente nos momentos difíceis como este”, disse.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *