F1: Petrobras volta à Fórmula 1 como parceria da Williams

Graça Foster e Claire Williams, presidente e chefe de equipe da Williams, respectivamente, assinaram, nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, o contrato que sela a parceria com a Petrobras e promove a volta da estatal à Fórmula 1 como parceria tecnológica da escuderia, que neste ano será representada por Felipe Massa.

A relação entre Williams e Petrobras começou em 1998, quando a equipe passou a utilizar os combustíveis da empresa brasileira, e foi até 2008. Depois de cinco anos apenas apoiando o Grande Prêmio do Brasil, a estatal terá sua logomarca estampada na lateral dos novos carros e no macacão dos pilotos em 2014, mas passará a fornecer os combustíveis a partir de 2015.

“Estamos muito felizes em voltar para a principal competição automobilística do mundo. Durante os 11 anos em que a Williams esteve ao nosso lado tivemos avanços significativos no desenvolvimento de produtos, como a gasolina Podium. Participar dessa competição é um desafio enorme, pois nos obriga a estar cada vez mais preparados para os mais altos padrões de qualidade e eficiência que a categoria exige. Estamos muito empolgados para dar início a mais esse desafio”, afirmou a presidente da Williams.

Quem também relembrou dos tempos da parceria e comemorou com o acerto foi Frank Williams, fundador e dirigente da escuderia.

“A Petrobras e a Williams já tiveram uma parceria bem sucedida no passado, e estamos todos ansiosos para nos unir novamente em 2014. Eles são muito competentes em tecnologia e isso será importante para a equipe, visto que a nova regulamentação tornou a eficiência do combustível ainda mais importante. Eles também são uma companhia global muito ambiciosa e estamos ansiosos para trabalhar em conjunto para promover seus objetivos de marketing”, comentou o dirigente.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *