F1: Pilotos não têm nada a comentar sobre Mosley

Como não poderia deixar de ser, os pilotos que participaram da entrevista coletiva programada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) se viram diante de uma pergunta a respeito do escândalo sexual envolvendo Max Mosley, presidente da entidade.

Perguntados se tinham alguma opinião a respeito do ocorrido, Nick Heidfeld (BMW Sauber), Lewis Hamilton (McLaren), Jarno Trulli (Toyota) e Nico Rosberg (Williams) não arriscaram a se indispor com um dos homens mais influentes da categoria.


“Nada que eu queira compartilhar com vocês”, respondeu o alemão Heidfeld. Lewis Hamilton seguiu a mesma postura. “Idem”, comentou a revelação da McLaren. “Não, nenhum comentário”, afirmou Trulli, que foi seguido por Rosberg: “nada”.


Nico Rosberg, porém, já havia declarado que é importante pensar nos pilotos que estão por vir. “Nós somos pilotos de corrida e devemos tentar dar sempre bons exemplos, pois muitas pessoas estão nos assistindo”, afirmou Nico.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *