F1: Rosberg condena atitude de Max Mosley

O alemão Nico Rosberg, da Williams, foi o primeiro piloto da Fórmula 1 a falar sobre o escândalo envolvendo o presidente da Federação Internancional de Automobilismo (FIA), Mas Mosley. Rosberg não se dirigiu diretamente ao inglês, mas foi enfático.

“Nós somos pilotos de corrida e devemos tentar dar sempre bons exemplos, pois muitas pessoas estão nos assistindo”, afirmou Nico.


Para ele, casos como o de Mosley podem afetar a imagem da F-1.


“É importante pensar nas outras pessoas, pessoas jovens especialmente. Jovens pilotos estão chegando, você precisa dar bons exeplos”, comentou.


Ex-chefe da extinta equipe BAR, David Richards, foi mais duro. Ele comentou a carta enviada por Mosley às escuderias que protestaram contra ele, hoje.


“A reação serve para mostrar que ele está fora do mundo real”, disse Richards.


Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *