F1: Pirelli e Michelin brigam para fornecer pneus para F-1 em 2011

Com a decisão da Bridgestone de deixar a Fórmula 1 no final desta temporada, as equipes estudam o melhor fornecedor de pneus para a categoria em 2011. De acordo com o italiano Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, a disputa está restrita a Michelin e Pirelli.

“Nenhuma decisão foi tomada ainda. Eu espero que talvez no próximo final de semana sejamos capazes de encontrar uma solução. Há apenas duas possibilidades: Michelin e Pirelli. Não vejo nenhuma outra alternativa”, declarou o dirigente da escuderia italiana.

Segundo Domenicali, a Avon Cooper já foi descartada e as equipes também não cogitam mais a continuidade da própria Bridgestone. Os representantes dos times se encontraram no final de semana do Grande Prêmio de Mônaco, mas a reunião não foi suficiente para chegar a um acordo em torno da questão.

As especulações durante a corrida no Principado colocam a Pirelli como favorita, mas a oferta da Michelin, em termos técnicos e comerciais, é atraente o suficiente para deixar as equipes na dúvida. Nos próximos dias, estudos mais aprofundados e esclarecimentos das fabricantes em algumas questões levarão à decisão final.

Eric Boullier, diretor da Renault, disse ao site Autosport que a situação precisa ser definida até o Grande Prêmio da Turquia, marcado para o próximo dia 30. “Se demorarmos muito, nada estará pronto para o ano que vem por uma questão técnica. Tem que estar resolvido até a Turquia”, explicou.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *