F1: Polêmica das asas: Mais duas equipes estão irregulares

Depois de oito equipes terem assinado uma “nota avançada de protesto”, por causa da asa dianteira da Ferrari de Michael Schumacher, durante o último final de semana em Sepang, na Malásia, agora mais duas equipes, a pedido da FIA, terão que mudar esses acessórios para a próxima etapa na Austrália.


Depois do diretor da Honda, Nick Fry, dizer que mais duas equipes, entre as que protestaram, também tinham irregularidades, o site da revista “Autosport” revelou hoje, dia 21 de março, que a McLaren e a BMW-Sauber são os times “Fariseus”.  Segundo o site, a FIA já pediu a ambos que modifiquem as asas traseiras de seus modelos já para o GP da Austrália, dia 02 de Abril.

A Ferrari terá que levar asas traseiras e dianteiras novas para Melbourne.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *