F1: Por atropelar mecânico, Hispania é multada em U$ 20 mil

Os comissários do GP da Itália, Emerson Fittipaldi entre eles, decidiram multar a equipe Hispania em U$ 20 mil (aproximadamente R$ 35 mil) por ela ter liberado o japonês Sakon Yamamoto do pit stop de forma insegura, infringido o artigo 23.1 do regulamento da Fórmula 1.

A roda do carro do japonês atropelou a perna de um dos engenheiros da equipe espanhola, que não teve seu nome revelado. Uma ambulância entrou no pit lane para socorrê-lo, fechando os boxes para outras paradas. “Os primeiros socorros foram feitos imediatamente no local e ele foi levado ao hospital para outros exames. Ele se manteve consciente e falando com o doutor”, informou o chefe Collin Koles.

Yamamoto, por sua vez, percebeu o que aconteceu e foi informado que o engenheiro não estava muito ferido. Dessa forma, continuou na corrida e comemorou seu desempenho. “Eu continuei concentrado na corrida e tentei fazer o melhor para o time. Conseguimos completar outra prova o que é bom”, ressaltou.

Em Monza, o japonês disputou apenas sua quinta prova na temporada. Na primeira, em Silverstone, ele substituiu o brasileiro Bruno Senna. Nas seguintes, o indiano Karun Chandhok. Não pontuou em nenhuma e ocupa a última colocação do Mundial de Pilotos pelos resultados obtidos.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *