F1: Problema no motor de Alonso preocupa Domenicali

Stefano Domenicali, diretor-executivo da Ferrari, admitiu que falta confiabilidade ao “F-10”, nome do monoposto da escuderia italiana na temporada 2010. Depois de ser tida como principal favorita ao título ao vencer o Grande Prêmio do Bahrein, as dúvidas começaram a pairar sobre Maranello após o abandono do espanhol Fernando Alonso no último domingo, na Malásia, por problemas mecânicos.

Em entrevista ao Autosport, o chefe ferrarista tentou mostrar otimismo, mas se rendeu aos imprevistos do último final de semana, quando os dois pilotos da equipe largaram no final do grid, devido a um erro de estratégia nos treinos qualificatórios. “Somos competitivos, somos fortes e temos que demonstrar que estamos acima dos problemas. Lamentavelmente, este fim de semana foi o pior em termos globais”, relatou.
Continuando no assunto do motor de Alonso, Domenicali assumiu que ainda não sabe os motivos da deficência. “Ainda não sabemos qual o motivo da falha do motor de Fernando”. Por fim, o italiano traçou os passos a ser dados para que titulo volte á Ferrari, o que não ocorre desde 2007 com o finlandês Kimi Raikkonen. “Temos que nos assegurar que as partes novas que levamos às pistas sejam confiáveis. Devemos confirmar os dados cem por cento”.
Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *