F1: Querendo ficar na Brawn, Button já projeta inédito bi

Misterioso durante os últimos meses, Jenson Button se vê livre para enfim falar sobre o futuro após ser campeão da Fórmula 1. Na chegada à Inglaterra, o piloto garantiu querer permanecer na Brawn GP e já vislumbrou fazer mais história em 2010, quando pode se tornar o primeiro britânico a ganhar dois títulos seguidos da categoria.

“Nenhum piloto britânico venceu um título atrás do outro, então essa é a ambição”, projetou Button, que voltou a Londres na segunda-feira. Na história da Fórmula 1, Mike Hawthorn, Graham Hill, Jim Clark, John Surtees, Jackie Stewart, James Hunt, Nigel Mansell, Damon Hill e Lewis Hamilton já faturaram trofeus para a Grã-Bretanha, mas nenhum conseguiu ser bicampeão de forma consecutiva.

Para tentar quebrar esse jejum, Button abre mão até de um aumento de salário – o que, comenta-se, estaria emperrando a renovação de seu contrato com a Brawn – e quer apenas um carro competitivo. “A questão não é dinheiro. Eu esperei até agora para discutir o futuro e quero estar em um time que possa vencer”, garantiu.

Caso consiga atingir esse objetivo na fábrica de Brackley, será ainda melhor, aponta o inglês que se consagrou no Grande Prêmio do Brasil. “Esta equipe não é aquela de apenas um êxito, nem eu sou esse tipo de piloto. Gostaria de ficar na Brawn. Atingimos muita coisa juntos e nos respeitamos bastante”.

No que depender de Ross Brawn, a manutenção do campeão do mundo deve ser concretizada. Em 2010, o piloto pode fazer parceria com Nico Rosberg, cotado para cedeu sua vaga na Williams a Rubens Barrichello. “Ele é muito rápido, talentoso e determinado e ainda pode evoluir. Espero ter um piloto bem mais forte no futuro”, previu o chefe.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *