F1: Raikkonen é o mais rápido no segundo dia em Sepang

Kimi Raikkonen, da Ferrari, foi o mais rápido do segundo dia de testes da Fórmula 1 em Sepang (Malásia) registrando um tempo cerca de um segundo abaixo do melhor alcançado na terça-feira, quando o mais veloz do dia foi Robert Kubica, da BMW.

O piloto finlandês, vencedor da etapa de abertura da temporada, na Austrália, registrou uma melhor marca de 1:35.268, cerca de 0s5 melhor que o segundo mais veloz da quarta-feira, o austríaco da Williams, Alexander Wurz.

Com 61 voltas completadas, Raikkonen conseguiu trabalhar em um dia ensolarado, com temperatura ambiente em torno de 34ºC, e da pista por volta de 54ºC.

Assim como na terça-feira, quando registrou o terceiro melhor tempo do dia, Wurz mostrou um bom desempenho de seu FW29, completando um montante de 114 voltas, sendo o piloto que mais andou neste segundo dia de sessão.

O escocês David Coulthard, da Red Bull, também se destacou aparecendo com a terceira melhor marca, deixando para trás carros como o da BMW, McLaren e Renault.

Kubica, que liderou a sessão da terça-feira, aproveitou o dia para trabalhar a confiabilidade do carro, alcançando algum progresso ao completar a distância de um Grande Prêmio sem enfrentar problemas.

O polonês foi o quinto do dia, ficando à frente de Lewis Hamilton, da McLaren, que iniciou seus testes nesta quarta, substituindo Pedro de la Rosa. O dia de trabalho do piloto inglês terminou dois minutos mais cedo, quando seu carro parou na pista.

Rubens Barrichello, da Honda, foi o único brasileiro a participar dos testes. Com o oitavo melhor tempo da sessão, ele causou uma bandeira vermelha quando o motor de seu carro estourou após apenas 1h30 de teste.

Mesmo com problemas, Barrichello conseguiu registrar um tempo melhor que o de seu companheiro de equipe, Jenson Button, que completou apenas 24 voltas e aparece com o décimo tempo.

Os pilotos da Honda ficaram separados por Heikki Kovalainen, da Renault. “Foi um primeiro dia positivo para mim”, disse o finlandês. “É muito divertido pilotar aqui. As condições são extremamente quentes, mas o traçado é realmente legal de pilotar. Logo no início me senti confortável, e então pudemos forçar e conseguir tempos consistentes.”

Ainda foram para a pista carros da Toro Rosso, Super Aguri e Toyota.

Confira os tempos em Sepang:
1. Kimi Räikkönen – Ferrari, 1:35.268 (61 voltas)
2. Alexander Wurz – Williams/Toyota, 1:35.702 (114)
3. David Coulthard – Red Bull/Renault, 1:35.712 (87)
4. Ralf Schumacher – Toyota, 1:35.751 (81)
5. Robert Kubica – BMW/Sauber, 1:35.887 (111)
6. Lewis Hamilton – McLaren/Mercedes, 1:36.115 (69)
7. Takuma Sato – Super Aguri/Honda, 1:36.306 (63)
8. Rubens Barrichello – Honda, 1:36.563 (36)
9. Heikki Kövalainen – Renault, 1:36.578 (86)
10. Jenson Button – Honda, 1:36.617 (24)
11. Anthony Davidson – Super Aguri/Honda, 1:37.876 (39)
12. Scott Speed – Toro Rosso/Ferrari, 1:37.910 (36)
13. Vitantonio Liuzzi – Toro Rosso/Ferrari, 1:37.971 (32)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *