F1: Red Bull decide sobre motores até o fim de agosto

Os problemas de confiabilidade mostrados durante a temporada têm feito a Red Bull refletir sobre uma eventual mudança de fornecedor de motores. A troca daqueles da Renault pelos da Mercedes, inclusive, pode acontecer bem antes do esperado: a equipe austríaca revelou que quer decidir sobre o assunto até o fim de agosto.

Segundo informações da revista londrina Autosport, a Red Bull começou a estudar a utilização do material da Mercedes já em abril, mas a evolução do carro a partir de então deixou a matéria engavetada. Isso se manteve até o Grande Prêmio da Europa, no qual dois problemas com o motor estragaram o desempenho de Sebastian Vettel. O alemão, aliás, dificilmente conseguirá escapar de uma punição por lançar mão de mais de oito motores durante a temporada – só têm dois à disposição nas últimas seis corridas do ano.

Atualmente, o assunto já se tornou até público nos bastidores do segundo melhor time da Fórmula 1, que nesta terça, através do coordenador esportivo Helmut Marko, lembrou que a Mercedes não prejudicou até aqui nenhuma das três escuderias das quais é parceira: McLaren, Force India e Brawn GP.

Ainda de acordo com ele, a definição sobre abandonar ou não a Renault deve ser tomada na próxima semana. “No que toca à preparação do carro do ano que vem, temos de resolver isso até o fim de agosto, portanto dentro de poucos dias”. Com os contratos de Vettel e Mark Webber já renovados e a cúpula técnica da escuderia compromissada por ao menos mais três temporadas, Marko lembrou que o assunto dos motores é o “último a ser resolvido envolvendo uma grande estratégia”.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *