F1: Red Bull descarta Alonso: “Ele causa o caos onde chega”

Com o anúncio da saída de Daniel Ricciardo da Red Bull, as especulações sobre o futuro piloto da escuderia começaram a pintar. Um dos nomes apontados era o de Fernando Alonso, mas o chefão da equipe, Christian Horner, já descartou completamente.

“Tenho um grande respeito por Fernando. É um grande piloto, fantástico. Mas creio que isso é muito difícil de acontecer (o espanhol na Red Bull). Ele causa o caos em qualquer lugar que chega. Não estou seguro que seja o mais saudável para a equipe que Fernando se junte a nós”, disse o chefe da Red Bull a página oficial da Fórmula 1.

Horner ainda comentou que a escuderia tem muito a conversar sobre o futuro. Daniel Ricciardo vai deixar a equipe apenas no final desta temporada.

“Felizmente, temos pilotos sob contrato que têm muito talento. Vamos sentar e ver qual a melhor decisão para o time. Preferimos investir em um talento como fizemos com Vettel, Ricciardo, Verstappen, Sainz. Todos vieram do programa Red Bull”, acrescentou Horner, que ainda revelou que não acreditou quando Ricciardo anunciou a saída.

“Eu pensei que ele estava me enrolando, para ser honesto. Ele me ligou para dizer que ia para a Renault. E eu disse: ‘você o que?’. Mas ficou muito claro que era uma escolha dele e temos que respeitar isso. Ele decidiu que queria uma mudança. É difícil de entender, mas ele, obviamente, tinha suas razões”, completou.

Fonte: UOL Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *