F1: Renault fecha acordo de longo prazo para permanecer na F1

A campeã da Fórmula 1 Renault fechou um acordo de longo prazo para permanecer no esporte no domingo, depois que ela e outras montadoras assinaram um novo contrato com os detentores dos direitos comerciais.

“A equipe Renault F1…reforçou seu compromisso com a Fórmula 1 além de 2008”, afirmou a equipe em comunicado no Grande Prêmio da Espanha.

A notícia surgiu depois que o grupo de cinco montadoras que ameaçavam criar sua própria série rival a partir de 2008 anunciou que estava pronto para assinar um acordo com detentora dos direitos CVC e com a Formula One Adminstration (FOA), de Bernie Ecclestone.

A Renault é membro da Associação de Montadoras de Corridas (GPMA), ao lado de BMW, Honda, Toyota e Mercedes, da DaimlerChrysler.

As cinco já tinham assinado contrato para a temporada de 2008 para poderem dar sua opinião em mudanças de regras, mas o envolvimento a longo prazo da Renault era dúvida já que a montadora francesa queria cortes de custos e um aumento na participação da equipe na divisão de renda.

“O acordo que a equipe alcançou hoje com a FOA expressa o compromisso da equipe Renault F1 com a Fórmula 1”, disse o presidente da equipe, Alain Dassas.

“Depois de ter entrado no campeonato de 2008 no mês passado, esse era o próximo passo óbvio para garantir a estabilidade financeira e a competitividade de nossa equipe”.

O chefe da McLaren, cuja equipe pertence 40 por cento à Mercedes, disse que todos os cinco membros da GPMA estão de acordo.

A ameaça de uma série rival e as negociações para uma Fórmula 1 unificada após o término do atual “Acordo de Concorde” no final de 2007 tem sido uma das sagas mais longas do esporte.

Até domingo o esporte estava dividido, já que as outras equipes da Fórmula 1, incluindo a Ferrari, já haviam assinado contratos separados com os detentores dos direitos comerciais.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *