F1: Renault está pronta para pagar o que for por piloto de ponta

A Renault quer um piloto de ponta para liderar sua equipe ano que vem, após Fernando Alonso deixar a escuderia. A equipe pretende pagar o que for preciso, disse o presidente Alain Dassas neste domingo.

O espanhol Alonso, que ano passado tornou-se o campeão mais jovem da Fórmula 1 aos 24 anos, surpreendeu a todos em dezembro quando anunciou que estava deixando a Renault para juntar-se a McLaren em 2007.

“Flavio Briatore vai fazer propostas e seleções, mas estamos prontos para fazer o que for preciso para ter um bom piloto”, disse Dassas no GP da Espanha.

“Estamos comprometidos por um longo período de tempo…deixamos claro que ano que vem queremos um piloto que possa nos dar uma performance de primeira”, disse ele.

A Renault anunciou mais cedo que havia concordado em assinar um contrato com os proprietários dos direitos comerciais do esporte, comprometendo-se a um futuro longo na Fórmula 1 e acabando com a especulação de que a equipe deixaria a competição.

Dassas disse que duvidava se a Renault conseguiria segurar Alonso, cujo empresário é Briatore, mesmo se eles tivessem se comprometido com o esporte ano passado.

“Não estava lá meio ano atrás, mas acho que Alonso deixou a equipe por várias razões”, disse ele.

A Renault tem o italiano Giancarlo Fisichella, que subiu ao pódio junto com Alonso no GP da Espanha, como o segundo piloto nesta temporada, mas seu contrato também termina ao final do ano.

O italiano disse semana passada que esperava conhecer seu futuro no próximo mês.

O jovem finlandês Heikki Kovalainen é o piloto de testes da equipe e reserva, e é um candidato à vaga de 2007.

“É verdade que gostamos de criar nossos talentos aqui dentro”, disse Dassas. “Mas também é verdade que estamos aqui para ter performances de primeira e precisamos de um piloto ótimo para isso. Alonso não será substituído facilmente, então precisamos de um bom piloto. Precisamos dos dois. Um talento jovem e um grande piloto.”

“Giancarlo é um grande piloto. Michael Schumacher é um grande piloto.”

Schumacher, da Ferrari, tem hoje 37 anos e ainda não decidiu seu futuro. O heptacampeão disse que pode não fazer nenhum anúncio até o final da temporada.

O contrato de Briatore também termina no final do ano e a Renault já disse que fará o que for preciso para mantê-lo na equipe.

Mesmo assim, o italiano disse que permanece indeciso e não quer falar de seu contrato.

“Espero que o Flavio tome sua decisão o quanto antes”, disse Dassas.

“O que interessa ao Flavio é estar no topo. Se dermos a ele as condições para isso, acho que ele permanece na equipe.”

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *